Ministério das Cidades lança CRLV Digital em Goiás e habilita compartilhamento do documento com outros celulares

Source: Republic of Brazil 2

Últimas notícias Um dos documentos de porte obrigatório aos motoristas, o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV Digital), já pode ser acessado no celular em todo o território do estado de Goiás. Outra novidade é a ampliação da funcionalidade do aplicativo, chamado Carteira Digital de Trânsito (CDT), que a partir de agora permite o compartilhamento do CRLV Digital com outros aparelhos de celular. O lançamento, realizado nesta sexta-feira (9), em Goiânia (GO), contou com a participação do ministro das Cidades, Alexandre Baldy. “Nosso objetivo é facilitar e desburocratizar a vida do cidadão, por meio da modernização. Não é necessário que o usuário vá até o Detran de seu estado para habilitar o CRLV Digital. Basta baixar o aplicativo e inserir seus dados”, destacou Alexandre Baldy.
De acordo com Baldy, a meta é que a Carteira Nacional de Habilitação (CNH Digital), também disponível no mesmo aplicativo da CDT, possa ser adquirida pelos motoristas sem a necessidade de comparecer ao Detran. “Acredito que, em breve, chegaremos a este avanço. Temos 60 milhões de CNHs em todo o país e 25 milhões que já possuem o QR Code e podem, portanto, utilizar a versão digital, que é válida em todo o país como documento oficial de identificação”, explicou o ministro.
Com uma frota de 3,8 milhões de veículos, o Dentran de Goiás é o quarto a implementar a tecnologia, desenvolvida pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro). Até o momento, mais de 19,7 mil CRLV Digitais já foram disponibilizados nos estados que habilitaram sua utilização: Ceará, Rondônia e Distrito Federal. Segundo o governador de Goiás, José Eliton, a novidade representa mais uma medida para ampliar o acesso aos serviços públicos de maneira fácil e ágil. “Fico feliz que Goiás foi o estado pioneiro na implantação da CNH digital e agora o quarto do país a disponibilizar o CRLV Digital. Nosso objetivo é facilitar e agilizar a vida do cidadão”, ressaltou o governador.
CRLV Digital – O CRLV é um documento de porte obrigatório do veículo e a sua versão digital desobriga o porte do impresso, o que irá trazer mais facilidade e segurança aos motoristas. A versão digital traz todas as informações do documento impresso, além de um QR Code, que pode ser lido para verificar se há alguma falsificação no documento durante uma fiscalização de trânsito.
A nova funcionalidade do aplicativo, que permite o compartilhamento do CRLV para outros celulares, possibilita que outras pessoas da família, por exemplo, possuam também a versão digital do documento, evitando problemas em caso de não portarem a versão impressa.
Para ter o CRLV Digital, o proprietário do veículo tem que ter pago o licenciamento do veículo de 2018 e o Detran de registro do automóvel tem que já ter aderido à tecnologia. O acesso ao CRLV Digital é possível adicionando o documento após o download do aplicativo Carteira Digital de Trânsito, disponível na App Store e Google Play.
Quem já instalou o aplicativo CNH Digital não precisa realizar o download da Carteira Digital de Trânsito. O aplicativo será atualizado de forma automática para a CDT, desde que a opção de atualização automática para APPs esteja acionada no dispositivo móvel.Quem já possui a CNH Digital, basta atualizar o aplicativo Carteira Digital de Trânsito, caso a opção de atualização automática não esteja acionada no dispositivo. Depois, o usuário deverá adicionar o CRLV Digital, informando o número do Renavam e o código de segurança impresso no Certificado de registro de Veículo – CRV (antigo DUT).
Os que ainda não possuem a CNH Digital devem realizar o download do aplicativo Carteira Digital de Trânsito já disponível na APP Store e Google Play e efetuar o cadastro de usuário no próprio aplicativo. Depois, é só adicionar o CRLV Digital e informar os mesmos dados mencionados anteriormente.
Para saber qual Detran já aderiu ao CRLV Digital basta consultar o link https://servicos.serpro.gov.br/carteira-digita. O aplicativo CDT também avisa quando o Detran aderir ao serviço.

Assessoria de Comunicação SocialMinistério das Cidades

MIL OSI