Ministério das Cidades sedia Seminário do Programa INTERÁGUAS – Principais Resultados, dia 22

Source: Republic of Brazil 2

Últimas notíciasO Ministério das Cidades, por meio da Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental (SNSA), promove, no dia 22 deste mês, no auditório, o Seminário do Programa INTERÁGUAS – Principais Resultados.
A atividade destina-se a profissionais que atuam emprestadores de serviços de saneamento básico e agências reguladoras, técnico dos setores públicos e privados com atuação no tema e demais interessadosnos projetos a serem apresentados: Com+Água 2, Reuso, Acertar e RegulaSan.
O INTERÁGUAS contribui para aumentar a eficiência na prestação de serviços de saneamento básico e melhorar a aplicação de recursos públicos no setor, principalmente em regiões menos desenvolvidas do país.
A iniciativa visa ainda aumentar a eficiência na prestação de serviços de saneamento básico e melhorar a aplicação de recursos públicos no setor.
A SNSA/MCidades foi responsável por desenvolver ações em temáticas de grande relevância para o setor saneamento. Assim, foram concebidos e implementados os projetos.
                                                                                                            Cronograma (sujeito a alterações)

Serviço:Seminário do Programa INTERÁGUASData: 22/11/2018Horário: 14h às 18hLocal: Auditório do Ministério das Cidades – SAUS, Quadra 01, Bloco H, Térreo.Inscrições: gratuitas, no Portal Capacidades: www.capacidades.gov.br
Projetos:Com+Água 2: teve por objetivo a transferência de tecnologia e conhecimento no tema de redução de perdas e de melhoria da eficiência energética em sistemas de abastecimento de água. Com aplicação de campo em sistemas da Embasa e da Compesa, o projeto deixa como legado ao setor um conjunto de oito publicações, objetivando a replicação das metodologias utilizadas no Projeto.
Reuso: teve por objetivo fornecer subsídios para que o Governo Federal possa instituir o reuso como uma política de Estado. A iniciativa gerou os seguintes resultados: definição dos padrões de qualidade; avaliação das potencialidades no país; levantamento das experiências nacionais e internacionais; e proposição de modelos de financiamento e/ou subsídios tarifários para a ampliação do reuso no País.
Acertar: realizado em parceria com a Associação Brasileira de Agências de Regulação – ABAR o projeto visa a certificação de informações do Sistema Nacional de Informação sobre Saneamento – SNIS, objetivando aumentar a eficiência na gestão dos serviços de saneamento básico. Para isso foi desenvolvido o “Guia de Auditoria e Certificação das Informações fornecidas pelos prestadores de serviços de saneamento ao SNIS”, cuja aplicação dos procedimentos previstos caberá às agências reguladoras, bem como o “Manual de melhores práticas de gestão da informação sobre saneamento”, destinado aos prestadores.
RegulaSan: no Projeto foram realizados estudos nacionais sobre temas relevantes para o setor, tais como contabilidade regulatória e alternativas de financiamento e subsídios às populações de baixa renda, com ampla disseminação dos resultados por meio de publicações, seminários, cursos locais e nacionais (presenciais e à distância). O Projeto propiciou a realização de ações de assistência técnica voltadas a um conjunto de agências reguladoras previamente selecionadas. Foi elaborado, ainda, um “Guia de Referência” para atividade regulatória.

Assessoria de Comunicação Social
Ministério das Cidades

MIL OSI