China abre escritório para estimular negócios também de Turismo com o Brasil

Source: Republic of Brazil 2

Institucional
Cerimônia de inauguração contou com presença de representante do Ministério do Turismo brasileiro. Somente em 2017, o país asiático enviou 135 milhões de viajantes para o mundo

Isabel Kelli participa da inauguração de escritório para estimular negócios incluindo o Turismo
O Ministério do Turismo participou, neste final de semana, da inauguração da segunda sede da Câmara Brasil-China de Desenvolvimento Econômico (CBCDE), na província chinesa de Jiangsu. A analista da Coordenação-Geral de Atração de Investimentos do MTur, Isabel Kelli, esteve presente na cerimônia de abertura do escritório localizado na cidade de Rugao.
A iniciativa visa aproximar entidades governamentais, associações e empresários brasileiros e chineses para fortalecer as relações comerciais entre os dois países. Atualmente a China é o principal parceiro comercial do Brasil. O primeiro escritório da Câmara foi inaugurado em novembro de 2015 na cidade de Dongguan.
“Neste cenário de aproximação entre as duas nações, cabe destacar que o turismo é um importante segmento econômico que proporciona a criação de empregos, geração de renda e valorização da cultura.  Somente em 2017, a China foi responsável pela emissão de 135 milhões de turistas e o Brasil está de braços abertos para receber cada vez mais chineses, tanto no campo do turismo de lazer como também de negócios”, afirmou Isabel em sua fala no evento.
Ao longo desta semana, a representante do MTur participará do evento China International Import Expo, destinada à promoção dos produtos estrangeiros na China, segundo maior mercado consumidor e importador de todo o mundo. É a primeira vez que o governo chinês organiza um evento deste porte com o foco exclusivo em importação de produtos estrangeiros. O país importará mais de US$ 10 trilhões nos próximos cinco anos.
AÇÕES – O Ministério do Turismo tem realizado uma série de ações para simplificar a entrada dos viajantes chineses no país, entre elas está a facilitação de visto que ampliou de três meses para cinco anos os vistos de turista com múltiplas entradas e a ampliação dos Visa Centers na China que passarão dos três atuais para 12. Nesta segunda-feira (5), o Diário Oficial da União publicou o edital do Ministério do Turismo para a seleção de agências de viagem interessadas em receber turistas chineses no Brasil. No ano passado, 83 agências obtiveram o credenciamento. O resultado da seleção será divulgado no dia 21 de dezembro no site do MTur.
CÂMARA – A CBCDE tem como um de seus objetivos aumentar o fluxo de autoridades e empresários brasileiros que vão à China, para que possam conhecer as oportunidades de seus respectivos setores de atuação, possibilitando assim a concretização de bons negócios. Em cada uma de suas ações, a Câmara atua como facilitadora das relações comerciais, apontando sempre as melhores oportunidades de negócio nos dois países.

MIL OSI