Loading…
You are here:  Home  >  MIL OSI  >  Brazil  >  Current Article

Atuação dos militares contribuiu para normalidade do processo eleitoral no país

Published By   /   October 9, 2018  /   Comments Off on Atuação dos militares contribuiu para normalidade do processo eleitoral no país

Source: Republic of Brazil 2

Brasília 08/10/2018 – Passado o período do primeiro turno das Eleições 2018, nesta segunda-feira (8), o Ministério da Defesa fez o balanço da atuação das Forças Armadas em atendimento às solicitações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). As ações realizadas tiveram papel relevante, reforçando o acesso do eleitor ao direito de voto de cada cidadão brasileiro em todas as regiões do país.
Em linha direta com os Comandos Conjuntos, foram realizadas videoconferências de acompanhamento das ações das tropas pelo paísCerca de 30 mil homens da Marinha, do Exército e da Força Aérea atuaram no apoio à realização do pleito. Para isso, foram empregadas 26 aeronaves, que somaram 232 horas de voo, além de 2.142 viaturas e 211 embarcações.
Os militares atuaram nas eleições tanto para assegurar a normalidade da segurança nos locais de votação e apuração, ou seja, em operações de GVA, quanto no apoio à logística, com o transporte de pessoal da Justiça Eleitoral e urnas, em locais de difícil acesso.
As operações de GVA foram solicitadas para 513 localidades, em 11 unidades da Federação. São elas: Acre, 11: Maranhão, 72; Piauí 134; Rio de Janeiro, 69; Amazonas, 27; Mato Grosso, 19; Mato Grosso do Sul, 4; Pará, 61; Rio Grande do Norte, 97; Tocantins, 14 e Ceará, 5.
O apoio logístico com transporte de 278 urnas ocorreu em 94 localidades de cinco estados: Acre, 42; Amapá, 5; Amazonas, 25; Bahia, 2; Mato Grosso do Sul, 4; e Roraima, 16.
Militares das três Forças trabalharam no Centro de Operações Conjuntas (COC) instalado na sede do Ministério da DefesaA coordenação das atividades dos militares partiu do Centro de Operações Conjuntas (COC), instalado na sede da pasta, na Esplanada dos Ministérios. Dali, foram organizadas as ações concretizadas nos comandos militares conjuntos regionais.
Militares das três Forças trabalharam ininterruptamente, em esquema de rodízio, da sexta-feira (5) até a conclusão da apuração dos votos, no domingo (7) à noite. Representantes do TSE, da Secretaria Nacional de Segurança Pública e da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) também permaneceram no COC para acompanhar as ações coordenadas pelo Ministério da Defesa.
Em linha direta com os Comandos Conjuntos, durante os três dias, foram realizadas videoconferências de acompanhamento das ações das tropas pelo País. A desmobilização das tropas empregadas no primeiro turno ocorre até 10 de outubro. O mesmo trabalho desenvolvido na primeira fase das eleições será repetido em 28 de outubro, data do segundo turno do pleito. 
Por major Sylvia Martins e Margareth Lourenço
Fotos: Alexandre ManfrimTelefone plantão Eleições 2018: (61) 98122-1394Assessoria de Comunicação Social (ASCOM)Ministério da Defesa(61) 3312-4071

MIL OSI

    Print       Email