Loading…
You are here:  Home  >  MIL OSI  >  Current Article

Obras no Liceu Camões e Conservatório Nacional avançam A reabilitação dos dois edifícios faz parte das prioridades do investimento na escola pública da área de Governo da Educação

Published By   /   June 13, 2018  /   Comments Off on Obras no Liceu Camões e Conservatório Nacional avançam A reabilitação dos dois edifícios faz parte das prioridades do investimento na escola pública da área de Governo da Educação

MIL OSI

As obras na Escola Secundária de Camões, em Lisboa, vão avançar. A reabilitação envolve um investimento de 12,46 milhões de euros, superior ao inicialmente previsto. 

A portaria de extensão de encargos que possibilita avançar com a obra foi publicada no dia 12 de junho no Diário da República, e o concurso internacional da empreitada é lançado até ao final do mês. 

A reabilitação do antigo Liceu Camões é uma das reabilitações escolares anunciadas pelo Governo, que agora se concretiza. 

A área de Governo da Educação vai proceder a uma reabilitação arquitetónica de qualidade, que assegura o valor patrimonial do edifício centenário da praça José Fontana, em Lisboa.

O Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, considerou que esta é uma obra tão esperada quanto merecida por parte desta comunidade educativa. 

Obras no Conservatório também avançam 

O edifício das escolas artísticas de música e dança do Conservatório Nacional de Lisboa também vai ser reabilitado, num investimento que ultrapassa os 9 milhões de euros. 

Trata-se de um edifício histórico e emblemático da cidade, cuja traça será mantida. O concurso público internacional da empreitada está prestes a ser lançado.

Durante o período de obras os cerca de 800 alunos da Escola Artística de Música do Conservatório vão frequentar a Escola Secundária Marques de Pombal.

O Primeiro-Ministro e o Ministro da Educação visitaram o Conservatório de Lisboa, onde decorreu a sessão de apresentação do projeto de reabilitação do edifício. 

Durante a visita, o antigo aluno António Costa confessou tratar-se da escola onde foi mais feliz, tendo desejado que todos os alunos que por ali passem «possam ser tão felizes como eu fui, como nós fomos, nos anos em que aqui estivemos».

    Print       Email