Loading…
You are here:  Home  >  MIL OSI  >  Brazil  >  Current Article

Brasil e Suécia estudam parceria após 8º Fórum

Published By   /   March 24, 2018  /   Comments Off on Brasil e Suécia estudam parceria após 8º Fórum

Source: Republic of Brazil 2

Encontro entre técnicos dos dois países é desdobramento de painel organizado pela agência sueca no Fórum Mundial da Água.Brasília (23/03/18) – No dia Mundial da Água, 22 de março, o Ministério do Meio Ambiente (MMA) recebeu a delegação sueca para discutir acerca das possíveis parcerias na gestão de águas de interiores e oceanos.

Após painel de Alto Nível realizado nesta semana durante o 8° Fórum Mundial da Água, intitulado “Gestão Manancial ao Mar: Para uma ação conjunta das comunidades de água doce e oceânica” (Source-to-Sea Management), os governos brasileiro e sueco reuniram-se para discussão de cooperação técnica entre a Secretaria de Recursos Hídricos e Qualidade Ambiental do MMA e a Agência Sueca de Água e Mares (Swedish Agency Marine and Water Management).

A ideia do encontro foi proporcionar intercâmbio de experiências entre os órgãos ambientais nos temas de gestão costeira, lixo no mar e planejamento espacial marinho. Essas ações contribuirão para o Brasil atingir o compromisso nacional dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 6 e 14. O primeiro versa sobre assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todas e todos; já o ODS 14 trata da conservação e uso sustentável dos oceanos, dos mares e dos recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável.

IMPACTOS REDUZIDOS

Os participantes apresentaram experiências de ação para ajudar a reduzir os impactos entre costas e oceanos, bem como oportunidades e ações para fortalecer as abordagens de origem para o mar.

De acordo com o secretário substituto de Recursos Hídricos e Qualidade Ambiental, Sérgio Gonçalves, é a primeira vez que um Fórum Mundial da Água sedia um painel de alto nível, com a participação de ministros de Meio Ambiente, sobre gestão das águas desde a fonte até o mar, abordando temas como água e saneamento, discutindo com representantes da alta administração do setor privado e instituições financeiras e órgãos intergovernamentais.

Para o coordenador-geral do Gerenciamento Costeiro do ministério, Regis Pinto de Lima, “durante os painéis ficou claro que o MMA deve tratar da gestão das águas como um todo, a água doce e água salgada”, observou. “Cada vez mais percebe-se a integração da água doce com a água salgada, ou seja, da água como um todo – dos ciclos hidrológicos, dos ciclos de utilização da água e da conservação da água, deixando de ser só parte de água doce para a parte da integração das águas”, destacou.

Régis Lima explicou, ainda, que o MMA tem esta visão de integração dentro do gerenciamento costeiro. “Nós propusemos no nível do MMA uma estratégia ao combate do lixo no mar e que tem a ver com esta integração de bacia hidrográfica, com a gestão marinha e, ao mesmo tempo, com a reativação da Câmara Técnica de Integração da Gestão das Bacias Hidrográficas e dos Sistemas Estuarinos e Zona Costeira (CTCOST), que é a Câmara temática dentro do Conselho Nacional de Recursos Hídricos, para tratar exatamente desta integração, que é a mesma temática que fórum está propondo também”.

MATÉRIA RELACIONADA:

O desafio de unir as águas da terra e do mar

Por: Rachel Bardawil/ Ascom MMA

Assessoria de Comunicação Social (Ascom/MMA)(61) 2028-1227/ 1311/ 1437imprensa@mma.gov.br

MIL OSI

    Print       Email