Loading…
You are here:  Home  >  African Press Organisation in Portuguese  >  Current Article

A DHL é a única empresa nomeada Top Employer em 18 países africanos

Published By   /   October 13, 2017  /   Comments Off on A DHL é a única empresa nomeada Top Employer em 18 países africanos

MIL OSI
CAPE TOWN, África do Sul, 13 de outubro 2017/APO/ —

Pelo quarto ano consecutivo, a DHL Express (www.dpDHL.com) foi certificada como um Top Employer na prestigiada cerimónia Top Employer Africa 2018, que se realizou na quinta-feira, 12 de outubro de 2017, no Centro de Convenções de Sandton, em Joanesburgo. 

Hennie Heymans, Diretor-Geral da DHL Express da África Subsaariana, explica que este é o quarto ano consecutivo em que a DHL recebe esta distinção por parte do Top Employers Institute. “A DHL Express valoriza os seus funcionários e esforça-se para tornar a empresa num local gratificante para se trabalhar. Estamos orgulhosos por receber este reconhecimento por parte do Top Employers Institute.”

Este ano, a DHL foi a única empresa a ser certificada como um Top Employer em 18 mercados africanos, incluindo Angola, Botsuana, Camarões, Costa do Marfim, Etiópia, Gâmbia, Gana, Quénia, Madagáscar, ilhas Maurícias, Moçambique, Marrocos, Nigéria, Namíbia, África do Sul, Senegal, Uganda e Zâmbia.

“A DHL cultiva ao longo de toda a sua estrutura organizativa uma cultura extremamente centrada no consumidor, que consideramos como um componente essencial para o nosso sucesso. Manter esta cultura em todo o mundo é uma tarefa que residiu, em grande medida, nos nossos programas eficazes de compromisso dos funcionários”, disse Heymans.

“Como tal, é desnecessário referir que a motivação e o desenvolvimento dos funcionários são áreas muito importantes para nós. Estamos empenhados em ter uma equipa de funcionários altamente eficazes que operem numa cultura de alto desempenho que promove e impulsiona a diversidade.”

De acordo com Heymans, a utilização por parte da DHL de iniciativas e programas de funcionários, incluindo do programa de intercâmbio cultural Especialista Internacional Certificado (CIS) da empresa, ajudou a desbloquear o potencial dos funcionários da empresa em toda a África Subsaariana. “Este ano, colocámos uma grande ênfase na requalificação e capacitação de quadros intermédios e de supervisores, uma vez que este patamar de liderança é fulcral para liderar e executar as nossas aspirações de crescimento nos próximos anos. À medida que continuamos a crescer, precisamos que todos os funcionários da empresa compreendam a sua função e como a executar de forma eficiente. Afinal, o papel dos supervisores e dos quadros intermédios é criar confiança e inspirar um grande desempenho.”

A DHL terminou também recentemente o Inquérito de Opinião ao Funcionário, que proporciona uma plataforma para que os funcionários possam enviar as suas ideias e sentimentos sobre a empresa de forma anónima. “Esta é uma ferramenta importante que nos ajuda a identificar as áreas em que estamos a trabalhar bem, assim como as áreas que requerem aperfeiçoamento”, prosseguiu Heymans.

Além disso, os nossos prémios de Funcionário do Trimestre e Funcionário do Ano são concedidos aos funcionários com melhor desempenho, com base nas nomeações dos seus colegas. “Acreditamos que o poder da nossa incrível rede são as pessoas e, por isso, o planeamento estratégico e a implementação de programas são vitais.”

Para se ser certificado como um Top Employer em África, uma empresa necessita de operar em quatro ou mais países e ter condições excecionais para os funcionários. O Top Employers Institute realiza um estudo abrangente e independente, através do preenchimento de um inquérito de boas práticas de RH por parte dos funcionários nas empresas relevantes.

O Top Employers Institute avalia a estratégia de recursos humanos, a implementação de políticas, práticas e ofertas ao funcionário, para revelar se a empresa fornece condições excecionais ao funcionário, desenvolve o talento a todos os níveis e demonstra liderança através da otimização do desenvolvimento dos seus funcionários e práticas de funcionários.

Cada inquérito preenchido é revisto pelo Top Employer Institute e é posteriormente auditado por um terceiro. Apenas as organizações que se qualificam a partir do processo de seleção recebem o título de Top Employers e o Selo de Certificação, mas todos os participantes recebem um abrangente relatório de feedback.

“Estamos honrados por termos sido novamente certificados como um Top Employer em África e vamos esforçar-nos para garantir que mantemos o nosso foco na captação, retenção e desenvolvimento dos nossos funcionários em toda a região”, concluiu Heymans.

    Print       Email