Loading…
You are here:  Home  >  Latin America - MIL OSI in Portuguese  >  Current Article

Desastres naturais levam 63 cidades à situação de emergência

Published By   /   September 13, 2017  /   Comments Off on Desastres naturais levam 63 cidades à situação de emergência

MIL OSI

Source: Republic of Brazil 2

Headline: Desastres naturais levam 63 cidades à situação de emergência

Ministério da Integração reconheceu dificuldades e assegurou acesso a apoio federal para restabelecer serviços básicos


por Portal Brasil


publicado:
12/09/2017 19h58


última modificação:
12/09/2017 22h12

Nos próximos 180 dias, 63 municípios da Bahia, do Piauí, de Minas Gerais, do Paraná e do Rio Grande do Sul vão receber recursos federais para garantir a oferta de serviços básicos à população. As cidades foram atingidas por desastres naturais e tiveram estruturas danificadas.

A medida foi viabilizada com o reconhecimento da situação de emergência pelo Ministério da Integração. Nas áreas que ficam nas regiões Nordeste e Sudeste, foi a estiagem que provocou estragos. Já na região Sul, as tempestades castigaram as cidades.

Ações de recuperação

O Diário Oficial da União desta semana também traz a liberação de recursos para três municípios gaúchos. No total, cerca de R$ 140 mil foram investidos nas ações de apoio imediato às cidades atingidas por fortes chuvas nas regiões de Engenho Velho, Dom Pedrito e São José do Sul. Os recursos serão aplicados na recuperação da creche municipal Laranjinha, no restabelecimento das tubulações pluviais e no aterramento de ruas danificadas pelas chuvas, além da reconstrução da cabeceira de duas pontes.

Auxílio emergencial

Para obter apoio material e financeiro da Defesa Civil nacional, os municípios devem apresentar um relatório com diagnóstico dos danos e o Plano Detalhado de Resposta (PDR), por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2ID). O documento é então analisado por equipes técnicas da Sedec. Se aprovado, o recurso é definido e disponibilizado pelo Ministério da Integração.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Integração

    Print       Email