Loading…
You are here:  Home  >  Latin America - MIL OSI in Portuguese  >  Current Article

Cidades do Rio Grande do Sul e Amazonas estão em situação de emergência

Published By   /   June 18, 2017  /   Comments Off on Cidades do Rio Grande do Sul e Amazonas estão em situação de emergência

MIL OSI

Source: Republic of Brazil – Provinces

Headline: Cidades do Rio Grande do Sul e Amazonas estão em situação de emergência

Prefeituras poderão pedir o auxílio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil para ações de socorro e assistência à população


por Portal Brasil


publicado:
16/06/2017 17h23


última modificação:
16/06/2017 18h35

O Ministério da Integração Nacional reconheceu, nesta sexta-feira (16), situação de emergência em mais oito cidades do Rio Grande do Sul e do Amazonas, devido às fortes chuvas nos estados. O reconhecimento foi publicado em portaria do Diário Oficial da União.

No Rio Grande do Sul foram afetados os municípios de Barão de Cotegipe, Pedras Altas, Porto Mauá e Porto Xavier. Já no Amazonas, as cidades de Careiro, Manacapuru, Nova Olinda do Norte e Urucurituba foram as atingidas. 

Com a publicação, as prefeituras podem pedir o auxílio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) para ações de socorro, assistência, restabelecimento de serviços essenciais e recuperação de áreas danificadas pelos desastres naturais.

Apoio federal

Na quarta-feira (14), o Ministério da Integração já havia reconhecido 18 municípios gaúchos com problemas com as chuvasAs situações de emergência decorrentes dos desastres naturais têm sido acompanhadas de perto pela pasta, com o monitoramento constante das áreas de risco, pela equipe técnica do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos de Desastres (Cenad) e a elaboração de planos de trabalho para solicitar apoio federal e auxiliar a população. 

No início da semana, o ministro Helder Barbalho visitou as áreas afetadas pelas chuvas no Sul, onde tratou das ações emergenciais de apoio a serem disponibilizadas pelo governo federal. Para acelerar as solicitações, uma equipe técnica do ministério permaneceu na região para orientar os municípios e estados sobre os procedimentos.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Integração Nacional

    Print       Email